Entre 4 de Outubro e 8 de Novembro há um novo roteiro por descobrir em Lisboa de bicicleta ou a pé, com 12 ilustradores e 10 locais de comércio tradicional.

10 Locais diferentes – cafés, lojas, oficinas e uma livraria acolhem durante aproximadamente um mês uma exposição de ilustração com artistas urbanos, uns mais conhecidos que outros. A iniciativa pretende mostrar, utilizando a Arte como pretexto, que é possível percorrer a cidade a pé ou de bicicleta.

Ao construir este percurso, a iniciativa alia o comércio tradicional e a mobilidade suave, celebrando uma cidadania sustentável e promovendo uma economia local para a cidade de Lisboa.
Em cada paragem deste roteiro o visitante encontra uma peça de decoração urbana em malha de lã, pelas Granda Malha, que identifica o local de cada exposição. Entre os artistas, contamos também com vários ilustradores brasileiros convidados, resultado de um intercâmbio com o projecto da associação paulense Aromeizero - Bike Arte.

No dia da inauguração, a 4 de Outubro, será feito um passeio a pé e outro de bicicleta com paragem em todos os pontos da exposição, com um guia a pé e um guia de bicicleta.

Aliada a esta exposição colectiva, haverá também outras iniciativas paralelas. Uma delas será um passeio de Instagram organizado pela Matilha Cycle Crew. Outra será um encontro destinada a desenhadores gráficos, organizada em parceria com os Urban Sketchers Portugal, com o lançamento de um caderno para desenhadores, sendo que as receitas da venda do mesmo revertem para a instituição ASSOL, Associação de Solidariedade Social de Lafões, responsável pela encadernação.

Trata-se de um roteiro urbano, sem pretensões, onde podemos conhecer o trabalho de alguns ilustradores urbanos e que demonstra mais uma vez que as formas de mobilidade suave são uma alternativa real para a cidade de Lisboa.

Ficamos a aguardar a vossa visita.
Até breve!!!




Ilustração Voadora // Mostra de Ilustração from Bicicleta Voadora on Vimeo.

// PROGRAMA

//////////////
DIA 4 OUTUBRO

14H30
- Inauguração das 10 exposições 

- Sax on the Road – Ao Vivo
Local/  Rcicla+ Grémio Café
Site/ 

- Passeio a pé guiado com visita às 10 exposições.
Inicio/  Rcicla+ Grémio Café
Fim/ Flur
Tempo aproximado/ 4H
Dificuldade/ Média

- Passeio de bicicleta guiado com visita às 10 exposições.
Inicio/  Rcicla+ Grémio Café
Fim/  Rcicla+ Grémio Café
Tempo aproximado/ 3H
Dificuldade/ Média


//////////////
DIA 25 OUTUBRO

- Instaride 
Passeio de fotografia de Instagram.

Local/ Jardim da Estrela - Coreto
Hora/ 14H30


Organização: Matilha Cycle Crew



 










/////////////
DIA 8 NOVEMBRO

- Apresentação da oficina de encardenação, Devagar se Encaderna Longe, da associação de solidariedade de lafões, ASSOL
Lançamento de um caderno de folhas brancas produzido de forma artesanal pela oficina e ilustrado pela Susana Matos.
Os lucros com a venda deste caderno revertam a favor da ASSOL.

Local/ Livraria Palavra de Viajante
Hora/ 14H
Duração/ 15 min.

- 65º Encontro dos Urban Sketchers Portugal
Após a curta apresentação da ASSOL, os desenhadores irão percorrer e desenhar parte do roteiro da exposição. Haverá dois grupos, um de bicicleta ou outro a pé e cada desenhador poderá escolher a opção que se sentir mais à vontade.
Site/

Local/ Livraria Palavra de Viajante
Hora/ 14H














- Encerramento das exposições

// ILUSTRADORES

1. REIS BROTHERS
Uma dupla de irmãos que se lança para fora do seu território, amestra figuras do fantástico e coloca-as em cima da bicicleta numa demonstração da sua própria liberdade.
Local de exposição/ Rcicla + Grémio Café














///////////
2. DEDO MAU
Dedo Mau, jardineiro diletante. Lido aqui. Ouvido ali.
Site/
Local de exposição/ Ophicina














///////////
3. RICARDO FIGUEIRA
Sem muita convicção em procurar um estilo próprio, prefere que cada projecto lhe dite as suas próprias regras e o forçe a adaptar-se. Sente que por vezes este exercício é penoso e frustrante, mas se viver demasiadamente confortável, deixa de evoluir.
Site/ 
Local de exposição/ Palavra de Viajante















///////////
4. GONÇALO BAPTISTA
Acordo cheio
Desenho o caminho
Durmo vazio
Site/
Local de exposição/ Palavra de Viajante














/////////// 
5.  SUSANA MATOS
As paisagens são representadas com os pormenores que são apenas observáveis por quem se desloca a pouca velocidade e com proximidade e onde o tempo permite contemplar. O observador lê o desenho, tal como o ciclista lê a paisagem.
Site/
Local de exposição/ O Salão










/////////// 
6.  HUGO SERGE O.
Acredita na pureza dos materiais e das técnicas, mas incentiva ao diálogo entre tecnologias. Mistura regularmente tinta permanente com computadores.
Site/
Local de exposição/ Loja da Herdade do Freixo do Meio














/////////// 
7.  ISABEL ALVES
É no caos que encontra a sua ordem e é no verão que encontra inspiração. "Lunita from the South" aka Isabel Alves sobrepõe o seu estilo eclético à sua própria realidade!
Site/
Local de exposição/ Lisboa ao Carmo














/////////// 
8.  ANA GARCIA E HELENA ROQUE
Sem atender a um método único, utilizam nas suas ilustrações uma linguagem plástica que recorre à técnica mista, utilizando sobretudo desenho, pintura e colagem.
Local de exposição/ Xocoa

 Ana Garcia
 Helena Roque














/////////// 
9.  JOSÉ JOSUÉ
O José Josué apresenta um trabalho eclético nos temas e nas formas de abordagem, mas mantém permanentemente dúvidas sobre o seu desenho e sua linguagem, explorando diferentes meios sobre papel.
Site/
Local de exposição/ Barbearia Oliveira














/////////// 
10.  PEDRO LOURENÇO
O ambiente de eleição do Pedro Lourenço situa-se entre a selva e a cidade, criando novos ambientes sonoros e estéticos.
Site/
Local de exposição/ Flur
















/////////// 
O Intercâmbio com o Bike Arte, São Paulo, resultou em 1 trabalho de 1 ilustrador brasileiro diferente em cada uma das lojas incluídas na Ilustração Voadora:

1. BERNARDO FRANÇA, Brasília, 1982
Arquiteto mas trabalha como desenhador profissional. Para além disso é diretor de arte, produz cenários para animação, é ilustrador, artista gráfico e scriber. Gosta do modernismo.
Site/
Local de exposição/ Rcicla + Grémio Café














2. FLAVIO MORAIS, São Paulo
Começou a trabalhar como ilustrador num atelier de serigrafia para t-shirts. Faz ilustrações para imprensa, editoras e publicidade. Flavio Morais sente um amor especial pela cultura popular no Brasil.
A música é essencial para se manter vivo, ...desligue a música e o Flavio Morais desaparece.
Site/
Local de exposição/ Rcicla + Grémio Café














3. NIK NEVES, São Paulo, 1976
É desenhador, viajante e trabalha com BD e ilustração há mais de 12 anos. Especializou-se em tipografia e lettering. É responsável pela revista independente “Inútil”, onde pública projetos de autor e banda desenhada.
Site/
Local de exposição/ Ophicina










4. ZÉ OTAVIO
É ilutrador e artista plástico.
Site/
Local de exposição/ Palavra de Viajante



 











5. BÁRBARA MALAGOLI
É diretora de arte em SP onde utiliza a bicicleta no dia-a-dia e aproveita para roubar frutas no caminho.
Adora desenhar e sua durban azul marinho.
Site/
Local de exposição/ O Salão













6. ELISA CARARETO, Ribeirão Preto, 1986.
As experiências com materiais de desenho começaram cedo, mas foi ao estudar cinema que se aproximou da ilustração. Atividade que desde há algum tempo tem sido sua principal ocupação.
Site/
Local de exposição/ Loja da Herdade do Freixo do Meio











7. LARISSA RIBEIRO, São Paulo, 1983
Especializou-se em design gráfico e ilustração. Trabalha no mercado editorial desde 2007 colaborando com diversas editoras de livros e revistas, agências de publicidade e de produção de conteúdo. Explora diversas técnicas e recursos, passando pela pintura, colagem, escultura em papel, fotografia e vídeo.
Site/
Local de exposição/ Xocoa



 











8. DANIEL BUENO, 1974
É formado pela FAU-USP e trabalha como designer gráfico e ilustrador. É colaborador de mais de cinquenta revistas e jornais do país.
Site/
Local de exposição/ Lisboa ao Carmo



 











9. LUISA POSSAS, São Paulo
Já com um lápis na mão, formou-se em arquitetura, mas ainda na faculdade descobriu a área do design. Após alguns anos decidiu largar tudo e ir fazer um curso de ilustração para Nova Iorque e nunca mais voltou.
Site/
Local de exposição/ Barbearia Oliveira














10. WEBERSON SANTIAGO, São Bernardo do Campo, 1983
Além de ilustrar livros também escreve e dá aulas na Universidade de Mogi das Cruzes e na Quanta Academia de Artes.
Site/
Local de exposição/ Flur


// LOJAS

MIMOSA DA LAPA
Por motivos que nos são alheios a Mimosa da Lapa deixou de fazer parte do roteiro.
O Ricardo Figueira que estava planeado para a Mimosa vai partilhar o espaço com o Gonçalo Baptista na Palavra de Viajante.
Pedimos desculpa por este incómodo.


1. RCICLA  + GRÉMIO CAFÉ
Loja de bicicletas e Grémio Café

Av. 24 de Julho, 86B
Seg-Sab /  10H-20H
Site/ Rcicla + Grémio Café
Ilustrador/ Reis Brothers


///////////
2. OPHICINA
Mercearia de artes e ofícios.

R. de São Bento, 206
Seg-Sex /  10H-19H
Sab /  10H-14H
Site/
Ilustrador/ Dedo Mau


///////////
3. PALAVRA DE VIAJANTE
Livraria e café do viajante.

R. de São Bento, 30
Ter-Qui /  10H-19H
Sex-Sab /  10H-20H30
Site/
Ilustrador/ Gonçalo Baptista
+
Ilustrador/ Ricardo Figueira



///////////
4. O SALÃO
Atelier/ oficina de reutilização.

R. de São Paulo, 85-87
Seg-Sex /  12H-20H
Sab /  15H-20H
Site/
Ilustrador/ Susana Matos


///////////
5. FREIXO DO MEIO
Loja de produtos biológicos da Herdade do Freixo do Meio.

Mercado da Ribeira – Cais do Sodré
Ter-Sex /  9H-14H/ 15H-18H
Sab /  8H-14H
Site/
Ilustrador/ Hugo Serge O.


///////////
6. LISBOA AO CARMO
Lembranças para lisbon lovers.

Calçada do Carmo, 26-28
Seg-Sab /  10H-19H
Site/
Ilustrador/ Isabel Alves


///////////
7. XOCOA
Chocolataria artesanal.

R. do Crucifixo, 112-114
Seg-Sab /  10H-20H
Dom /  15H-19H30
Site/
Ilustrador/ Ana Garcia e Helena Roque


///////////
8. BARBEARIA OLIVEIRA
Desde 1879.

R. dos Remédios, 27 – Alfama
Seg-Sab /  9H-19H30
Site/
Ilustrador/ José Josué


///////////
9. FLUR
Loja de discos.

Av. Infante D. Henrique, Armazém B4 – Santa Apolónia
Seg-Sab /  13H-20H
Site/
Ilustrador/ Pedro Lourenço

// MAPA


// PARCEIROS

   

 





/////////////////////////////////////////////////////////////

ILUSTRAÇÃO VOADORA É UMA IDEIA ORIGINAL DE/
Bicicleta Voadora

ILUSTRAÇÃO E DESENHO DO TIPO DE LETRA/
Miguel Reis

DESENHO GRÁFICO e WEB/
Rui Henrique

TEXTOS/
Sara Martins e Duarte Nuno

EDIÇÃO VIDEO/
Marta Ruivo

PRODUÇÃO/
Bicicleta Voadora

AGRADECIMENTOS/
Miguel Reis, Ricardo Figueira, Rodrigo, Gonçalo Baptista, Susana Matos, Hugo Oliveira, Ana Garcia, Helena Roque, Isa, José Josué, Pedro Lourenço, Rcicla, Grémio Café, Ophicina, Palavra de Viajante, O Salão, Herdade do Freixo do Meio, Xocoa, Lisboa ao Carmo, Barbearia Oliveira, Flur, Duarte Nuno, Sara Martins, Marta Ruivo, Pedro Soveral, Rita Pinheiro, Rodrigo Filipe, Fernando Ferreira, Suzana Carneiro, Marco, Vitor, Matias Pancho e Assol, Murilo e Aromeiazero, Natasha e Fabiola das Granda Malha, Matilha Cycle Crew, SER-Medicina Quântica, Sax on the Road, Jibóia e Postal Free.


12 ilustradores urbanos de Lisboa e Porto expôem os seus trabalhos por 10 locais da capital, sob tema livre e inspirados pela vivência da cidade.

Entre 4 de Outubro e 8 de Novembro de 2014, os trabalhos destes artistas são o ponto de partida para um roteiro que inclui 10 espaços de comércio tradicional e recebe a mobilidade suave e a arte, sem pretensiosismos, celebrando as alternativas que Lisboa oferece para uma cidadania sustentável.

Um roteiro para percorrer de bicicleta ou a pé, para conhecer ilustradores mais e menos conhecidos e ainda ver os trabalhos de alguns artistas brasileiros, através de um intercâmbio com a iniciativa Bike Arte (da associação paulense Aromeiazero).
Encontramos a cada paragem uma peça de decoração urbana em malha, criada pelas artistas da Granda Malha, que identifica cada local e nos alerta sobre os detalhes desta cidade.

Para breve todos os detalhes deste evento.

# Festival Bike Arte_São Paulo-Brasil

"Organizado de forma independente pelo Instituto Aromeiazero e diversos parceiros, o Festival Bike Arte busca mistura exposição cultural, festival de rua, bicicleta, comida, bebida para provocar reflexões por uma cidade melhor para se viver.
No lugar de carros, diversas atividades lúdico-culturais, musicais e de contemplação artística acontecerão durante o dia todo. É da essência do evento que alguma via tenha o trânsito restringido, para que as pessoas consigam vivenciar o espaço público em sua plenitude. Para os organizadores, a ocupação das ruas por pessoas gera afetividade e aproximação com a cidade e com as outras pessoas, gerando transformação e reflexões sobre o modelo de cidade que queremos.
Todo ano artistas são convidados para expressar em diferentes suportes (arte gráfica, fotografia, grafite, ilustração, escultura…) o tema “bicicleta”. Também são promovidas intervenções ao vivo de street art e de estilização de bikes."
Texto retirado do site do Instituto Aromeiazero

É com enorme alegria que comunico que foi estabelecida uma parceria entre a Bicicleta Voadora e o Aromeiazero, com o objectico de promover um intercâmbio cultural entre as duas cidades com vista à promoção da bicicleta como estilo de vida e melhoria da vida nas cidades.

Em resultado deste projecto irão estar representados vários ilustradores portugueses no Bike Arte que aceitarem o desafio de representar a bicicleta como forma de expressão artística.

Para breve darei mais informações de como se irá reflectir em Lisboa este intercâmbio.





/// Leilão do Último Saco Voador

O Saco Voador foi apresentado e com ele lançada a esperança que com pequenos actos no nosso dia-a-dia podemos alcançar muitas coisas bonitas. Os elogios que todo o projecto recebeu assim faz pensar.

Um dos sacos saiu com uma personalidade muito vincada e por esse facto, dicidiu-se fazer um leilão.
Na frente, a impressão serigráfica que para muitos pode parecer defeituosa, para nós, é a beleza que esconde a diferença de um produto que não foi feito em série, nem teve que passar por um rigoroso controlo de qualidade antes de sair da fábrica.

A base de licitação são 5 Euros e podem enviar as propostas para bicicleta.voadora.pt@gmail.com até à próxima terça feira, dia 20 de maio de 2014.
Em Lisboa a entrega será gratuita e para fora de Lisboa acresce os portes de envio.

O valor obtido vai reverter a favor da ASSOL

O Saco contém:
- Caixa em Cartão impressa em serigrafia a uma cor na tampa.
- Desdobrável impresso em serigrafia a uma cor na frente e impressão digital no verso
- Etiquetas em cartão com carimbos e colagens.
- Saco em tecido impresso em serigrafia a uma cor









// Saco Voador_Lançamento



Para quem ainda não tem programa para Sábado, 3 de Maio, cá está uma excelente oportunidade de sair de casa e ir até à Velo Culture! E porquê?

A Bicicleta Voadora teve mais uma ideia que pretende tornar-se um facilitador e transformador de vidas – o SACO VOADOR!

Um saco de pano útil, muito bonito e, claro, com um corte especial adaptado às necessidades dos ciclistas, numa edição limitada de 35 exemplares.
Mas este saco tem muito mais de especial (além de ser voador!) - a ilustração ficou a cargo de HugoSerge O., um criador português que “divide o tempo entre experiências visuais e sonoras”; a produção do saco é do atelier Bashô Cycling Club e por isso, todos os sacos foram produzidos à mão, com materiais comprados no comércio tradicional; a impressão em serigrafia e embalagem é da responsabilidade da Devagarse Encaderna Longe, uma oficina da ASSOL – Associação de Solidariedade Social de Lafões, uma instituição que apoia pessoas com deficência mental e saúde mental crónica.

A Velo Culture aceitou receber o projecto no seu espaço e a animação da tarde vai estar a cargo de melómanos convidados que vão partilhar os melhores hits de vinil da sua colecção.
A prova favorita dos ciclistas começa às 14.30h, uma alley cat (a mais dura de sempre em Lisboa!) que começa e termina na Velo Culture.

Com ideias simples, vamos promovendo e animando a comunidade enquanto passamos um dia entre amigos.

Os 35 exemplares desta edição estarão disponíveis para venda apenas esta tarde.
Cada saco tem um custo de 10€ e todos os lucros obtidos revertem a favor da ASSOL. Toda a informação e trabalho desta associação no site da ASSOL.

Um obrigado muito especial a todos os que fazem com que este projecto faça sentido:
Matias Pancho e todo o pessoal na Assol, Joana Janeiro, Gonçalo Baptista, Hugo Serge O., António Cruz, Miguel Madeira e todo o pessoal na Velo Culture, Sara Martins, Cláudio Soares, Marta Ruivo, Nuno Trindade, Rui Costa, Marisa Brito, Pedro Gil e Rodrigo Filipe.

3 DE MAIO
DAS 14 ÀS 20 H
VELO CULTURE –  LISBOA
Rua de arroios nº4